Agricultura Familiar
 
Agricultura familiar é toda forma de cultivo da terra e de produção rural cuja administração e mão de obra são formadas por um grupo familiar.  Ao contrário da agricultura patronal, que contrata funcionários para atuar nos grandes sistemas produtivos das propriedades, uma das características da agricultura familiar é a produção em pequenos lotes de terra, com uma maior variedade produtiva.
 
Na agricultura familiar, a família é proprietária, administradora e responsável pela produção e venda dos produtos. Segundo a Organização das Nações Unidas - ONU, a produção da agricultura familiar corresponde a 80% de toda produção mundial de alimentos e correspondem a aproximadamente 70% dos alimentos consumidos no Brasil.
 
Os agricultores familiares utilizam em seu trabalho, técnicas de cultivo e extrativismo que envolvem práticas tradicionais e conhecimento popular. Além disso, a venda dos produtos produzidos é a única fonte de renda de algumas famílias. Então, a agricultura é uma fonte de renda relevante para os grupos familiares, resultado do trabalho feito no campo, impactando na economia no Brasil.
 
Por isso, a agricultura familiar ajuda na criação de renda e emprego na área rural, e ainda eleva o nível de sustentabilidade das atividades no setor agrícola. Dessa forma, a qualidade dos produtos é melhor que os convencionais, que são produzidos com uma grande quantidade de agrotóxicos.
 
Por causa do seu baixo impacto ambiental, a agricultura familiar é parceira da sustentabilidade e da responsabilidade socioambiental. 

Emporium Ananin - 2020